Baloto expande as possibilidades de ganho e aumenta o prêmio a ser distribuído

Loteria colombiana recebeu investimentos para modernização de sua plataforma online.

Com aporte direto de 5 milhões de dólares, a Baloto atualizou sua plataforma tecnológica de modo a alinhá-la às mais recentes tendências mundiais do setor de jogos pela internet. As mudanças foram feitas no ano passado e os resultados já podem ser observados.

Depois de 16 anos de sua chegada à Colômbia, a modalidade foi modificada com o objetivo de aumentar seus prêmios, que andavam em torno de 6 a 10 bilhões de pesos colombianos por sorteio (algo entre 7 e 11 milhões de reais).

María Claudia Martínez, gerente geral da IGT, empresa responsável pela operacionalização da Baloto, disse que, a partir das mudanças implementadas, a média dos prêmios por sorteio tem ficado em torno de 25 bilhões de pesos colombianos (perto de 30 milhões de reais) a cada sorteio.

Entre os organizadores, existe a expectativa de que, durante o ano de 2018, seja possível superar o maior prêmio já pago pela Baloto em sua história, entregue a um apostador da cidade de Bucaramanga, capital do departamento de Santander, que levou sozinho a bagatela de 117 bilhões de pesos colombianos (mais de 134 milhões de reais).

Martinez faz questão de ressaltar que o sucesso da Baloto é devido, em grande medida, à boa reputação e à consequente credibilidade angariada não apenas junto aos simpatizantes de jogos online, mas também junto à população em geral.

O novo sistema da Baloto, já em operação, permite que sejam escolhidos 5 números de 1 a 43, bem como uma "Super Balota", com números de 1 a 16.

Com esta inovação, de acordo com a gerente geral da IGT, o jogo passou a oferecer aos colombianos 8 categorias de premiação, inclusive uma para quem acertar apenas uma marcação. Nesse caso, o apostador recebe de volta o valor que arriscou.

Maria Cláudia Martinez acrescentou, ainda, que a Baloto tem cumprido de modo exitoso uma das funções sociais dos jogos de azar oficiais, que é o de transferir renda aos mais necessitados por meio da prestação de serviços públicos. A modalidade transfere para o sistema de saúde colombiano nada menos que 32,5% de sua receita bruta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here