Jump to content

BigMax

Super VIP
  • Posts

    1,715
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    35

Everything posted by BigMax

  1. Obs: Para usar quaisquer 28 dezenas, vc tem que alterar todas as matrizes envolvida e refazer todo o processo. Dai ela continuarão pontuando 15 e 21 desde que as 7 dezenas sorteadas estejam entre as 28 escolhidas
  2. O sorteio tem que estar até a dezena 28. A matriz é de 28 dezenas, no padrão de 01 a 28. Os sorteios aleatórios que coloquei são todos até o 28, evidente que se entrar a dezenas 29 no sorteio, é outra configuração e no exemplo foge do escopo. Para usar quaisquer 28 dezenas, vc tem que alterar todas as matrizes envolvida e refazer todo o processo. Dai ela v continuarão pontuando 15 e 21.
  3. Fico contente que tenha entendido. Vejo amanhã suas 80231 ( é preciso manter regularidade na pontuação para dar "moda de viola" )
  4. Esqueci de responder: >>>>>Esses valores (conforme você escreveu) SEMPRE valerão para qualquer sorteio, com resultados entre 1 a 28? Sim, sempre, para passado e futuro. >>>>>>>Primeira pergunta, usando apenas esta matriz M1 (pelo que entendi o raciocínio vai poder ser aplicado para as demais 10 matrizes, correto?): Sim.
  5. O Processo é o mesmo, para as 10 matrizes. Vou detalhar como eu faço, pode haver muitas outras maneiras. 1) Tenho a matriz com 4680 linhas ( considere apenas a M1 para exemplo ). 2) Uso o programa multiplicador para deixá-la com 7pt assim: a) Pego as 4680 linhas da matriz + suas inversas formando apenas um arquivo. ( elimine espaços em branco no final da última linha ) b) Uso o cologa com o filtro (01 a 07 min 5 max 5) + filtro (08 a 28 min 2 Max 2) vai gerar um arquivo com 4410 linhas. c) No Multiplicador a Entrada é as 4680 linhas da Matriz com suas inversas e a saída é o arquivo de 4410 linhas geradas pelo cologa. d) O arquivo resultante tem 20.638.800 linhas que ordeno e faço a contagem separando as que tem 15X e as que tem 21X ( as demais são desprezadas ). /////////// Para M2 é a mesma coisa e assim sucessivamente... //////////////// >>>>>>>Mas posso usar as 31 dezenas numa única passada (usando todas as combinações e usando essas matrizes como filtros?). Ou só terão aplicação quando processarmos conjuntos de 28 dezenas (resultados com 1 a 28)? Não entendi direito, mas no caso. como considerei que as 7 dezenas sorteadas estão entre as 28, então não se aplica a possibilidade de 31 nesse caso. ( para usar 31 tenho que ter matriz com 31 dezenas ). Qualquer dúvida, não me esquivarei das respostas. ////////////////// Exemplo de trecho dos arquivos citados acima: Entrada M1 (parte) 04 06 14 19 21 25 27 01 02 03 05 07 08 09 10 11 12 13 15 16 17 18 20 22 23 24 26 28 01 06 07 12 15 16 28 02 03 04 05 08 09 10 11 13 14 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 12 18 21 25 26 27 28 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 13 14 15 16 17 19 20 22 23 24 03 05 16 17 21 25 28 01 02 04 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 18 19 20 22 23 24 26 27 Saída (parte): 01 02 03 04 05 08 09 01 02 03 04 05 08 10 01 02 03 04 05 08 11 01 02 03 04 05 08 12 01 02 03 04 05 08 13 01 02 03 04 05 08 14 01 02 03 04 05 08 15 01 02 03 04 05 08 16 01 02 03 04 05 08 17 01 02 03 04 05 08 18 01 02 03 04 05 08 19 01 02 03 04 05 08 20 01 02 03 04 05 08 21 01 02 03 04 05 08 22 01 02 03 04 05 08 23 01 02 03 04 05 08 24 01 02 03 04 05 08 25 01 02 03 04 05 08 26 01 02 03 04 05 08 27 01 02 03 04 05 08 28 //////////////////// Espero ter ajudado no entendimento.
  6. Caso tenham dúvidas, perguntem e responderei. Não é complicado fazer todo o processo, as ferramentas estão disponíveis no site. O difícil é acertar os 7pt. Mas o mais importante é entender, pois há Matrizes melhores para uso nesse processo. Usei 28 dezenas, podemos usar as 31...
  7. Version 1.0.0

    6 downloads

    Planilha Acompanhamento Redução por Matriz e as matrizes M1 a M5 com as opções 15 e 21 para elaborar os arquivos de redução conforme explanado no tópico Redução por Matriz Dia de Sorte. Se aprenderem a usar é uma ferramenta útil para redução com apenas duas condicionais (15 e 21 ). Veja no tópico pertinente como fazer. Boa Sorte!
  8. Usando uma matriz de 28 dezenas, específica, percebemos que a pontuação de linhas com 5pt em quase a totalidade de sorteios é de 15 ou 21. Usando isso como uma constante, podemos fazer vária matrizes randomizadas em que essa quantidade de linhas com 5pt é muito alta e isso, permite que se faça uma redução das linhas e mantendo a premiação. Para 28 dezenas, temos um total de 1.184.040 linhas e usando esse método de redução a quantidade de linhas, apesar de ainda alto, cai bastante. Vejamos um exemplo: Usando a condicional: M1 (21) M2 (21) M3 (15) M4 (15) M5 (15) É gerado um arquivo com 40.124 linhas e com 7pt dentro. Vejam a conferência: 1611 acerto(s) de 4 ponto(s) = R$ 6.444,00 139 acerto(s) de 5 ponto(s) = R$ 2.780,00 5 acerto(s) de 6 ponto(s) = R$ 11.594,95 1 acerto(s) de 7 ponto(s) --- Totais: Valor do provável prêmio: Quantidade de bilhetes do fechamento: 40124 Quantidade de combinações para conferência: 1 Total de jogos conferidos: 40124 Isso é válido para todos os concursos passados e futuros em que as 5 matrizes tiverem a formação conforme imagem acima 21,21,15,15,15 Não tem nada de novo, continua difícil acertar os 7pt, mas é uma alternativa a ser analisada por quem tiver interesse. Vou colocar na seção download uma planilha para acompanhamento da performance das matrizes ( deixei com 10 matrizes na planilha ) e as matrizes de M1 a M5 para quem se interessar em fazer esse tipo de redução, basta utilizar um programinha que o @Rockcaveira nos disponibilizou e fazer conforme seu interesse. Como usar o programinha: 1) M1 X M2 2) e o resultante de M1 X M2 confronta com M3 3) e o resultante de M1 X M2 X M3 confronta com M4 4) e o resultante de M1 X M2 X M3 X M4 confronta com M5 Usando a formação M1(21) X M2 (21) X M3 (15) X M4 (15) X M5 ( 15) resulta um arquivo de 40124 linhas com 7pt dentro. ( Quantas linhas será o resultado final, se confrontarmos 10 matrizes? Acredito que 5 linhas...) Boa Sorte!
  9. É ele Velhas estórias, contadas em versos e prosas tantas vezes que apesar de inverídicas alguns aceitam como verdadeiras. Nosso personagem, pessoa muito querida, homem de negócio muito esperto, por umas e outras entrou nas anedotas do povo. Em sua casa, que ficava em meu trajeto para a escola, abaixo da campainha uma placa "toque e espere", fui um dos que só tocou e muitos faziam isso. E na lista telefônica a especificação de seu ramo de negócio: "compra-se porcos e suínos". Em uma de suas viagens, voltando de Ourinhos, próximo ao trevo de Chavantes ele avistou pela primeira vez a placa indicativa da localidade de IRAPE, entrou na via de acesso, estacionou o carro, desceu, soltou uns palavrões preparando-se para "ir a pé" para sua cidade. Por sorte, avistou um carro da Policia Rodoviária e questionou o motivo de ter que " ir a pé". Os policiais lhe explicaram e ele não fez a caminhada. Nosso personagem, vereador em várias legislaturas em uma sessão da Câmara onde se discutia a viabilidade de abastecer uma escola isolada questionou seus pares afirmando que não se achava solução por desinteresse dos nobres colegas, pois achava que era só implantar a rede de abastecimento. Um vereador tentou explicar que em tal escola não havia energia elétrica o que inviabilizaria colocar bomba hidráulica, a topografia no local também não era favorável, enfim não havia pressão hidrostática e a Lei de Stevin era um impedimento ao projeto. Nosso personagem tomando a palavra falou: -Se a lei de Stevin é impedimento então porque não a revogamos e damos andamento ao projeto. Numa ocasião, alguns vereadores iriam a São Paulo e o prefeito solicitou ao nosso vereador que comprasse a bandeira do Brasil e do Estado de São Paulo. Nosso personagem ameaçou desistir da viagem, chegava a suar frio e quando indagado do motivo de tanto desconforto por causa de duas bandeiras, ele respondeu que não tinha muito gosto por cor e que era melhor que outro comprasse as bandeiras para não correr o risco de ele trazer as bandeiras do Brasil e São Paulo com cores que o povo poderia não gostar. Em visita ao governador do Estado, sem agenda pré-determinada, nosso vereador esperava há algumas horas na antessala. Cansado dirige-se a secretária: - Vai demorar o governador me atender? - Só mais um pouco. O governador esta recebendo um pessoal que veio de Brasília. - Avisa ele que eu vim de Santana, um carro muito melhor e devo ter preferência. Se alguém me perguntar se é ele, respondo que é sim, é ele.
  10. Atualização da postagem inicial: 21,5,4,5=443 ( observo que o record é 433 e até "aparecer" alguém que tenha vai a que temos).
  11. Agenor Agenor, mascate de profissão e carnavalesco por paixão, vestia-se de preto, magro, alto e tinha um apelido que não gostava. Fez vários carnavais populares aos quais denominavam de "Carnaval dos Pobres" e nesses eventos Agenor se transformava em Pierrô, vestia-se na fantasia de confetes e serpentinas voando nas asas da ilusão. Lembro-me de ter visto a passagem de um bloco nas ruas centrais antes de dirigirem-se ao barracão onde se realizavam os bailes carnavalescos. Esse foi personagem de várias estórias. Relato algumas que presenciei e outras que ouvi. Agenor jogava bocha como ninguém, seu único defeito era abusar das jogadas de efeito como atirar quando podia jogar ponto etc... Um dia apareceu em Fartura, no Inferninho, um rapaz sem os dois braços, jogava com os pés, desafiando-o para uma partida de bochas valendo dinheiro. Algumas pessoas presentes patrocinaram o Agenor no desafio, apenas para ver o cara jogar com os pés. Os dois eram bons e a partida caminhava para o seu final muito equilibrado. Um dava show jogando com os pés e Agenor dava show com seus tiros "de seca". Os patrocinadores do Agenor o chamaram ao lado e pediram para que perdesse a partida, pois o intuito não era ganharem a aposta e sim assistirem ao show. Agenor não queria perder e jogava tudo que sabia e mais um pouco para vencer e eis que na última jogada eram necessários 4 pontos para o Agenor vencer e na cancha já estavam 2 pontos garantidos, restando a última bola, ou seja, a partida poderia terminar com uma jogada a ponto e ele venceria a partida, mas Agenor queria dar show e se preparou para um tiro "de seca" desnecessário. Aprumou, correu e atirou... Acertou a bocha como queria, porém a bocha acertou o balim e deixou o adversário com 6 pontos e este venceu a partida. Agenor tremia e suava como ninguém sentindo a derrota tanto quanto os corintianos quando perdem para o Palmeiras e principalmente por ouvir que perdeu para um cara que jogava com os pés. Essa estória também ocorreu no "Inferninho" quando funcionava onde hoje é a casa do Bicó. Agenor sentou à mesa para jogar pif-paf e como o dinheiro era curto só entrava na parada quando a mão era muito favorável. Lá pelas tantas saiu batendo em um "between", parada boa e o dinheiro já no fim, o pensamento do Agenor era bater aquela parada e sair da mesa, pois aquele dia o mar não estava para peixe. Estava batendo com o 7 de paus, só ele entre um 6 e 8 que durante as jogadas não foi possível encostar outro 6 ou 8. Alguém bateu e Agenor transtornado foi virando carta por carta do baralho restante até encontrar o "seu bate" e para a sua indignação eram as duas últimas cartas. Solicitou ao português que cuidava do bar do "Inferninho" um pão cortado ao meio e colocou os dois 7 de paus como recheio e comeu o lanche em três bocados. Agenor além do carnaval gostava da loteria esportiva. Passava horas a fio riscando cartelas, estudando os jogos e como era impossível registrar as apostas pela incerteza do resultado ou a falta de dinheiro ele fazia os jogos e deixava em algum bar as cartelas marcadas escondidas na prateleira para "ver o que dava" na segunda-feira. Para sacanear, alguns chegavam antes do Agenor e preenchiam uma cartela com o resultado e colocavam no meio das cartelas que ele conferia meticulosamente e mostrava contente para as pessoas comentando que se tivesse jogado teria feito treze pontos. Algumas vezes apareciam duas cartelas vencedoras ( mas não registradas ) com os treze pontos o que sinalizava que ele era bom de palpite mesmo. Com o tempo Agenor começou a fazer bolões da Loteria Esportiva e houve um final de semana que no sábado teve 12 jogos e o bolão acertou os 12 ficando somente um jogo para domingo. Nesse bolão, um dos participantes ( Edgar ) ainda não havia pago sua cota e o Agenor falava que se o Edgar não pagasse antes do jogo estaria fora do bolo. Agenor se escondia do Edgar para que este não fizesse o pagamento, pois os treze pontos parecia favas contadas. Era uma brincadeira de gato e rato, Edgar procurando e Agenor se escondendo. Edgar pagou sua cota antes do jogo e o bolão completou os 13 pontos no domingo. O engraçado da estória foi que na segunda-feira foi apurado que houve milhares de acertadores e o premio de cada um foi menor que o valor pago pela cota.
  12. Essa estória é antiga e é fato verídico. Um dia, eu e o Ivan estávamos em São Paulo e tínhamos que entregar um ofício na Secretaria de Esportes do governo estadual que naquele tempo localizava-se próximo a estação São Bento do metrô. Entregue a documentação o Ivan sugeriu que déssemos uma passagem na Rua Santa Ifigênia para procurar um artefato eletrônico. Entravamos em todas as lojas e encontrado o aparelho o Ivan resolveu comprá-lo. Como o dinheiro disponível não era suficiente, quis parcelar a compra e o comerciante disse que parcelava, mas precisava de um comprovante de residência. Ivan cheio de astúcia pediu um tempo ao lojista solicitando que guardasse o aparelho por umas duas horas que ele vira buscar. Saímos e o Ivan falou que precisávamos achar urgente uma casa modesta para que pudéssemos comprovar a residência. Não entendi, mas como companheiro é companheiro acompanhei o Ivan na procura de uma casa pelas ruas do centro. Achamos e o Ivan estudou bem a casa, olhou para todos os lados e certificando de que não havia cachorro ou moradores do lado de fora e me deu a máquina fotográfica e me contou seu plano. O Ivan abriu o portão, sentou na escadaria próxima a casa e eu bati a foto. Encurtando a conversa ele levou a foto ao lojista e falou aqui está meu comprovante de residência. Pode parcelar que eu vou levar o aparelho. O lojista riu tanto e só parou quando o Ivan ficou bravo e disse: Vai dizer agora que preciso trazer a escritura também. O lojista percebendo a ingenuidade do Ivan falou que estava tudo certo e que iria vender para ele. O lojista piscou e me segredou: É a minha casa. Sabe de nada. Inocente o nosso amigo Ivan.
  13. todos essas formações tem 14pt em cinco linhas de 20 dezena e 15pt em vinte e cinco linhas de 21 dezenas. qual dessas formações virá no concurso futuro? Boa escolha e colheita... Vai chover lobo guara no quintal de casa... kkkkkkkkkkkk
  14. No padrão: 14122 E que quando combinadas as linhas de 5 dezenas 4 a 4 vc vai ter 5 linhas de 20 e a pontuação das linhas sempre será: 1 linha de 20 com 14pt 2 de 20 com 12pt 2 linha de 20 com 11pt E das 5 linhas de 20, vc acrescenta 1 das ausentes de cada X e terá 25 linhas de 21 dezenas e os 15pt estará dentro. Parece fácil, mas ... boa sorte1
  15. Tem possibilidade sim. Estou montando exemplo que devo postar aqui. Vc reparou na planilha que quando dá a formação 343, sempre vai haver a seguinte pontuação: E que quando combinadas as linhas de 5 dezenas 4 a 4 vc vai ter 5 linhas de 20 e a pontuação das linhas sempre será: 1 linha de 20 com 13pt 3 de 20 com 12pt ( corrigido informação anterior que por erro digitação estava 13 ) 1 linha de 20 com 11pt Então temos uma informação importante que "trabalhada" dá moda de viola. Voltarei...em breve.
  16. A título de curiosidade... Se amanhã, der a seguinte formação (M1(12421)xM2(12421)XM3(1122211)XM4(343)XM5(12421)XM6(22141)=92) nas 6 matrizes da planilha desse tópico, com apenas 92 linhas vc terá os 15pt. Difícil? Será... No spoiler as 92 linhas: Boa sorte a quem se aventurar ao sorteio de amanhã.
  17. Na formação da matriz 25,15,9,13=10 é elaborada dividindo os 25 números em cinco grupos de cinco. Para dar a formação 3,4,3 a pontuação do sorteio com relação aos grupos terão aquela característica. Use a planilha, observe a M1 e o quadro conforme abaixo que consta da planilha e verá as formações correspondente a formação sorteada.
  18. Sabemos que com 4 linhas dá para empatar ou ter lucro em 21 dezenas SE 15 em 21. Copiado de uma postagem do forum ( não me lembro que foi o original ) 01 02 03 04 05 07 10 11 12 13 14 15 16 18 20 01 02 04 05 06 07 09 10 12 13 15 16 18 19 21 01 03 04 06 07 08 09 11 12 13 14 16 17 19 20 02 03 05 06 08 09 10 11 14 15 17 18 19 20 21 Veja essa de 57 linhas (com pequeno prejuízo ou lucro ), mas com 22 dezenas: Testar antes de qualquer aventura...
  19. Fique a vontade para perguntar. Não vou omitir informação sobre isso, ou qualquer outra postagem.
  20. Não tenho não, elas existem por ai. Salvo engano, essa 25,15,9,13=10 foi no site italiano através de umas lições do Nino Aspesi. A de 22,6,3,3=77 é Sistema Steiner.
  21. Explicando melhor o conceito de redução por matriz. Esse método, usa matriz ao invés de linhas para prever o que virá no concurso futuro. A matriz escolhida tem uma performance "quase" padrão ao longo dos sorteios, conforme a tabela postada acima. Até pelo exemplo que utilizo dá para se notar que tendem a ter ma mesma performance. Então vejamos, considerando como exemplo o concurso 1513 ( observo que em qualquer concurso passado ou futuro que der essa formação sempre no arquivo de 239 linhas haverá 15pt (Quando houver essa mesma formação e na mesma ordem). M1(12421)xM2(12421)XM3(1122211)XM4(343)XM5(12421)XM6=239 Conferência concurso 1513: 23 acerto(s) de 11 ponto(s) 2 acerto(s) de 12 ponto(s) 1 acerto(s) de 13 ponto(s) 0 acerto(s) de 14 ponto(s) 1 acerto(s) de 15 ponto(s) --- Totais: Valor do provável prêmio: R$ 0,00 Quantidade de bilhetes do fechamento: 239 Quantidade de combinações para conferência: 1 //////////////////// Considerando apenas M1XM2XM3 M1(12421)xM2(12421)XM3(1122211)=14412 veja a conferência no mesmo concurso: 1544 acerto(s) de 11 ponto(s) 403 acerto(s) de 12 ponto(s) 67 acerto(s) de 13 ponto(s) 8 acerto(s) de 14 ponto(s) 1 acerto(s) de 15 ponto(s) --- Totais: Valor do provável prêmio: R$ 0,00 Quantidade de bilhetes do fechamento: 14412 Quantidade de combinações para conferência: 1 ////////////////// Considerando apenas M1XM2XM3XM4 M1(12421)xM2(12421)XM3(1122211)XM4(343)=4306 520 acerto(s) de 11 ponto(s) 137 acerto(s) de 12 ponto(s) 28 acerto(s) de 13 ponto(s) 3 acerto(s) de 14 ponto(s) 1 acerto(s) de 15 ponto(s) --- Totais: Valor do provável prêmio: R$ 0,00 Quantidade de bilhetes do fechamento: 4306 Quantidade de combinações para conferência: 1 //////////////////////// Considerando apenas M1XM2XM3XM4XM5 M1(12421)xM2(12421)XM3(1122211)XM4(343)XM5(12421)=1805 134 acerto(s) de 11 ponto(s) 30 acerto(s) de 12 ponto(s) 6 acerto(s) de 13 ponto(s) 0 acerto(s) de 14 ponto(s) 1 acerto(s) de 15 ponto(s) --- Totais: Valor do provável prêmio: R$ 0,00 Quantidade de bilhetes do fechamento: 1085 Quantidade de combinações para conferência: 1 Total de jogos conferidos: 1085 Postei uma nova planilha (outra randomização ) e os arquivos desse exemplo.
  22. Atualizado o arquivo na seção download: No arquivo, há possibilidade de usar para duas, três, quatro e vinte matrizes. No processamento de 20 matrizes (22,6,3,3=77) todas as 20 devem pontuar ente 4 a 6pt nas linhas de 6 (Acompanhe pela planilha). No primeiro teste que fiz, concurso 1800 funcionou perfeitamente. Então são duas as condicionais: 1) todas as 20 matrizes pontuarem entre 4 a 6pt ( acompanhamento pela planilha ) 2) Escolher, inicialmente o seguimento que vai jogar, ou seja a pontuação das 4 primeiras matrizes. No caso, para o concurso 1800 o seguimento a ser escolhido, evidente que antes do sorteio, é: 6,6,5,6= 1650 ( sem qualquer outro filtro ). Para M1 e M2 considere apenas a pontuação dessas. Para M1, M2 e M3 considere apenas a pontuação dessas. Para M1, M2, M3 e M4 considere apenas a pontuação dessas. Para 1,2,3,4+16 considere a pontuação referente as 20 matrizes. Não é fácil, passar o conceito... Estude e verá que é interessante. Um exemplo: Nessa imagem, referente ao concurso 1962, aquele que optou em jogar apenas considerando as matrizes : M1 X M2 M1X M2 X M3 M1X M2 X M3 X M4 Em qualquer dessas opções vc teria alcançado os 15pt , porém considerando as 20 matrizes faria apenas 13pt. Se apenas uma das matrizes estivesse fora a pontuação seria 14pt. Espero que tenham compreendido e possam usar com sucesso. É possível fazer em matriz de 25 dezenas também. Mesmo conceito.
  23. Version 1.0.0

    17 downloads

    Multiplicador é um programa que funciona "como cadeiras" para os números sentarem. Ele é útil para fazer substituição de números em uma matriz. Sempre é necessário uma matriz de saida ordenada em ordem crescente e uma matriz de entrada que pode ser sem qualquer ordenação. Um exemplo: Tenho a matriz 22,6,3,3=77 ordenada de 01 a 22 e quero substituir os números dessa matriz, mas quero colocar os números numa sequência desordenada. Faço uma sequência tipo: 12 19 18 20 06 07 17 14 16 08 03 22 15 11 02 10 21 01 04 09 13 05 que passa a ser intitulada como entrada e a saida será a matriz 22,6,3,3=77. O processo será assim: o número 12 vai ocupar "a cadeira" do número 01, o 19 vai ocupar "a cadeira" do número 02 etc... fazendo a substituição total na matriz. Atalhos: Ctrl + 1 (para abrir o arquivo de entrada ) Ctrl + 2 (para abrir o arquivo de saída ) Ctrl + M (para multiplicar/substituir ) Ctrl + S (para salvar o arquivo gerado ) Ctrl + Q (para sair do programa ) Se vc precisa fazer várias matrizes randomizadas, esse programinha faz. Exemplo: Entrada: 12 19 18 20 06 07 17 14 16 08 03 22 15 11 02 10 21 01 04 09 13 05 18 07 01 15 13 16 05 14 11 21 08 17 04 19 22 09 20 02 12 10 06 03 13 17 20 21 05 07 01 08 12 22 04 03 06 16 11 10 15 18 09 02 19 14 17 15 10 07 18 22 02 11 13 06 01 20 19 04 14 21 03 05 16 08 09 12 22 11 10 20 08 19 17 21 04 02 15 18 13 06 16 03 07 12 01 05 14 09 20 17 01 11 05 21 13 06 10 15 22 18 19 14 12 08 03 07 04 16 09 02 15 09 12 22 16 18 08 17 05 06 01 07 20 11 02 03 14 04 10 21 13 19 19 21 08 18 01 02 13 11 05 14 04 17 03 20 15 07 10 06 22 16 12 09 19 10 02 09 20 04 22 12 08 03 05 01 13 15 18 16 17 11 06 21 07 14 10 16 03 08 11 21 04 18 13 06 22 15 05 19 20 07 17 02 01 09 12 14 18 07 14 19 22 21 01 03 17 20 02 05 09 16 04 08 11 15 10 06 13 12 15 09 04 05 20 21 19 03 10 14 02 18 22 08 13 16 11 17 06 01 07 12 Saida: A matriz 22,6,3,3=77 Ao multiplicar será gerada 12 matrizes 22,6,3,3 randomizadas, porém estará em um mesmo arquivo que deverá ser quebrado em grupos de 77 linhas. Para quebrar o arquivo em grupos de 77 linhas, uso um programinha que foi fornecido pelo meu amigo Pietruk com a condição de não repassar. Mas tem outros meios para isso. Observação: Não pode espaço em branco no inicio ou final dos arquivos. Anexo, os arquivos do exemplo. Qualquer dúvida entre em contato por MP. Espero que seja útil.
×
×
  • Create New...